A revelação foi feita pelo presidente da Câmara de Almodôvar na sua crónica semanal na Radio Castrense.
António Bota realçou que esta Petição será posteriormente “entregue na Assembleia da Republica” apelando a que todos os cidadãos da sub-região do Campo Branco adiram a esta iniciativa por considerar “que a Barragem de Oeiras é um projecto importantíssimo para Almodôvar, mas é muito mais do que isso, é-o também para todos os nossos concelhos vizinho”.
Segundo o autarca socialista “naturalmente que fazer uma barragem deste tamanho não está ao nosso alcance, nem está sob a jurisdição de uma câmara Municipal porque se assim fosse começavamo-la a construir já amanhã”.
António Bota reconhece tratar-se de um projecto que carece vários pareceres “o problema é que esta barragem requerer autorizações do Ministério do Ambiente, do Ministério da Agricultura da CCDRA enfim de uma série de organizações que terão que autorizar e financiar a sua construção”.
“É essa luta que a câmara de Almodôvar vai travar, é essa luta que eu peço a todos que me ajudem assinando uma Petição para que o assunto da construção da Barragem de Oeiras seja analisado na Assembleia da República. Para tal temos que, com a vossa ajuda, conseguir um número de assinaturas suficiente para que possamos apresentar este projecto para que ele ganhe vida e dessa forma, com a sua construção, garantirmos que o nosso presente e o nosso futuro quando chove e quando não chove, esteja assegurado”.
António Bota não tem dúvidas quanto a importância deste empreendimento daí defendê-lo há muito tempo “é um projecto fundamental. Construir a barragem num sítio que seja bom, sem destruir propriedade, possibilitar-nos-á ter água, porque quando chover ela ficará retida na nossa barragem e servirá para vários tipos de usufrutos”.
Por entender que é fundamental que muitas vozes se juntem à sua, António Bota apela a que “vou precisar da vossa ajuda, da ajuda técnica, da ajuda do cidadão comum, para que todos juntos possamos obter uma boa resposta a este problema que é a falta de água que nos afecta ciclicamente. É importante que a câmara de Almodôvar, a câmara de Castro, a câmara de Mértola, as câmaras da nossa sub-região e os cidadãos tenham um bem tão precioso que se desperdiça no mar. Para que isso não aconteça basta ter uma barragem que retenha a água para que não tenhamos no futuro mais problemas relacionados com as mudanças climáticas e as transformações climatológicas que elas trouxeram. Fica o apelo para que todos unamos esforços, para que todos demos as mãos em nome deste projecto que é supra municipal e é de uma importância vital para os nossos concelhos para os nossos cidadãos”.
O presidente da câmara de Almodôvar sublinha a ideia de que “a água é vida e enquanto presidente da autarquia não vou desistir no sentido de encontrar uma solução que mitigue a seca severa que anualmente nos vai penalizando. Estou a falar da defesa que há muito advogo no sentido de que a Barragem de Oeiras venha a ser uma realidade pois ela constituirá uma reserva de água fantástica para a agricultura, para dar de beber aos animais, mais, teremos uma reserva de água que depois de tratada servirá para abastecimento público, que servirá para o micro clima, para criar humidade que por sua vez fará de novo chover, para que criemos um riacho ecológico ao longo da ribeira de Oeiras até ao Guadiana para uso da avifauna, enfim são razões mais do que suficientes para que todos nós nos mobilizemos em torno desta causa que é de todos nós e que a todos beneficiará. Esta barragem é na minha opinião fundamental, felizmente que há muita gente a pensar desta forma, daí que conclua que só pecaremos se não a fizermos. Da parte da câmara de Almodôvar não regatearemos esforços e vontades contando com o apoio de todos vós para que tornemos este sonho numa realidade até porque as alterações climáticas assim o exigem, isto é, não pudemos ficar de braços cruzados a ver a água da Ribeira de Oeiras rumar ao Rio Guadiana e não fazermos nada para que a retenhamos e criemos um lençol de água, uma reserva de água que irá beneficiar toda a gente. Não calarei a minha voz em defesa da sua construção e acredito que vou contar com o apoio incondicional de todos vós, pois, repito, a Barragem de Oeiras não será um projecto de Almodôvar será um projecto para toda uma sub-região cuja carência de água é a que se sabe” evidencia presidente da câmara de Almodôvar.
António Bota conclui apelando a que todos “adiram à Petição Pública que iremos promover em defesa da construção da Barragem de Oeiras, Petição essa que seguirá, depois, para a Assembleia da República”.