Apesar de ter garantido a manutenção na competição, o Mineiro Aljustrelense está a “ponderar seriamente” a possibilidade de vir a desistir da sua participação na Série D do Campeonato de Portugal na temporada de 2020-2021. Em declarações ao “CA”, o presidente do emblema tricolor admite esta hispótese, ainda que garanta que a desistência do nacional não é, para já, “um dado adquirido”.
Segundo Rui Saturnino, na base da eventual decisão estará a questão financeira, uma vez que o clube não poderá contar com grande parte das receitas que previa, efeito da pandemia de Covid-19 que afecta o país.
“Um dos maiores patrocinadores não poderá continuar connosco. Depois, as festas no concelho e os torneios que desportivos que organizamos foram cancelados. No total, estamos a falar de um montante superior a 30 mil euros em receitas que não vamos ter”, observa o presidente do Mineiro Aljustrelense.
A par disto, acrescenta Rui Saturnino, está a eventual quebra nas receitas de quotização, “que também deverão baixar”.
Correio Alentejo