O presidente da câmara de Almodôvar manifestou esta manha, na sua Crónica Semanal na Radio Castrense, que está “muito preocupado com a seca. O Baixo Alentejo vive uma situação climática muito complexa. Ora chove muitos, mas a água vai toda para os rios, e os níveis das nossas barragens é no mínimo inquietante. Trago este tema à antena por entender que é importante que o façamos isto é, que todos nos consciencializemos que temos que poupar, gastar o essencial naquilo que é fundamental. Estamos perante um bem vital e cuja escassez nos deve mobilizar agindo de molde a que fomentemos, todos sem excepção, hábitos que nos cinjam ao consumo de água estritamente necessário” sugere o autarca socialista de Almodôvar.
Para reforçar a sua opinião, António Bota dá um exemplo que per si nos deve fazer reflectir e agir “estamos quase no Verão e os níveis de pluviosidade são baixíssimos, imaginem o cenário dramático que nos espera daqui a dois três meses, daí ter opinado hoje sobre esta temática, pois, por natureza trabalho por antecedência, e neste caso é fundamental que todos reflictamos sobre a forma como usamos este bem preciosismo que é a água, sendo que, quanto mais racionais formos na sua utilização, menos falta teremos quando chegar o Verão. Até lá esperemos que chova muitos apesar das previsões, infelizmente, não apontarem neste sentido” lamentou António Bota